Siga o Portal do Holanda

Amazonas

QUANDO SER OBESO GERA PRIVILÉGIO. Zé ganha benefício da prisão domiciliar

Publicado

em

Por

Manaus ( Portal do Holanda) - Com obesidade mórbida atestada pelo médico Sidney Chalub, o ex-prefeito de Iranduba, José Maria Muniz, condenado pela Justiça Federal por crime de improbidade administrativa e preso no final de maio, conseguiu o benefício da prisão domiciliar. O juiz Luís Carlos Valois, da Vara de Execuções Criminais, seguiu parecer do promotor Marco Aurélio Lisciotto, do Ministério Público, que opinou pelo cumprimento da pena do ex-prefeito  em casa.


O  juiz diz na sua decisão que José Maria terá de seguir a regras da prisão domiciliar e terá de encaminhar novo laudo a VEP. O ex-prefeito também terá que utilizar eventual chip para monitoramento eletrônico, quando a novidade for disponibilizada.
 

No mês junho José Maria apresentou laudo médico assinado pelo cirurgião de aparelho digestivo Sidney Chalub, e ganhou mais 15 dias de saída temporária do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, onde se encontrava preso desde o dia 31 de maio. Agora fica o resto da pena em casa.

No laudo, Chalub  fala em obesidade mórbida e afirma que o ex-prefeito necessita de cuidados especiais e acompanhamento multidisciplinar para evitar desnutrição, hipovitaminose e descalcificações ósseas.


Entenda o caso

A Justiça Federal no Amazonas condenou o ex-prefeito de Iranduba, José Maria Muniz, a quatro anos e seis meses de prisão pelo crime de responsabilidade, em ação penal promovida pelo Ministério Público. O mandado de prisão foi cumprido por agentes da PF no dia 31 de maio.

O ex-prefeito foi encaminhado ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim.Seis dias depois José Maria ingressou com pedido de prisão domiciliar, mas o juiz Luís Carlos Valois  concedeu  apenas 15 dias para tratamento de saúde, que foram renovados por mais 15. Agora ele pode cumprir toda a setença entre os familiares.

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.