Prefeitura fecha o cerco aos poços artesianos

Por

22/05/2012 1h23 — em Amazonas

Manaus (Portal do Holanda) - Decreto  assinado pelo prefeito  Amazonino Mendes (PDT), e publicado no Diário Oficial do Município, determina que todo e qualquer empreendimento estará proibido de utilizar poço para captação de água subterrânea quando houver disponibilidade de abastecimento pela concessionária contratada para essa finalidade.


No mesmo documento é  advertido que  nas áreas atendidas pelo sistema público de abastecimento de água, não será concedido o “Habite-se” para as edificações que não estejam a ela conectadas.

A punição para quem descumprir a medida será o tamponamento, ou melhor, a desativação do poço artesiano.

A decisão da Prefeitura, ocorreu um dia após Amazonino assinar o contrato com a empresa Águas do Brasil e favorece a concessionária.
 



 

NULL