Siga o Portal do Holanda

Manaus

Prefeitos defendem interiorização do desenvolvimento

Publicado

em

Por

Um grupo de cinco prefeitos de municípios do interior do Amazonas está em Manaus para conhecer as principais políticas estaduais e federais que podem ser aplicadas nas cidades para desenvolvimento econômico e social. Os prefeitos estiveram na segunda-feira  pela manhã com a diretoria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e, à tarde, foram ao encontro do superintendente regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Thomaz Silva. O deputado estadual Sidney Leite (DEM) é quem está articulando as visitas dos prefeitos às autoridades.

Estão participando dos encontros, Adalberto (PSD) de São Sebastião do Uatumã (a 246 quilômetros a leste de Manaus), Nene Machado (PDT) de Nhamundá (381 Km a leste), Marlene (PMDB) de Jutaí (749 Km a oeste), Mariolino (PDT) de Santa Isabel do Rio Negro (629 Km ao norte) e  Amintas (PR) de Boa Vista do Ramos (270 Km a leste).

Para o chefe geral da Embrapa Amazônia Ocidental, Luiz Marcelo Rossi, a iniciativa aproxima os prefeitos e permite apresentar de que forma a Embrapa pode ajudar a desenvolver o primeiro setor nesses municípios. “Primeiro, eles devem identificar a vocação da região, se é agropecuária, fruticultura ou horticultura, por exemplo. A partir daí, podemos fazer um acordo de cooperação técnica para estudar um projeto específico para a área”, explica Rossi.

O superintendente regional da Conab, Thomaz Silva, disse que sempre aguarda essa aproximação de prefeitos eleitos, mas que raramente encontra. Silva explicou que o principal objetivo do órgão é trabalhar a regionalização da merenda escolar, mas muitas administrações sentem dificuldade na elaboração dos projetos. “Faltam boas propostas. Há muito recurso para compra de produção, subvenção de preços e capital de giro, porém muitas vezes não conseguimos desenvolver projetos pelas dificuldades mais básicas como falta de documentos de produtores, por exemplo, o que impossibilita a emissão de nota fiscal”, afirma.

Em São Sebastião do Uatumã, o prefeito Adalberto conta que a agricultura foi tão pouco estimulada que somente a mandioca é plantada como cultura de subsistência. “Se eu quisesse implantar hoje no meu município um programa de merenda escolar eu não teria quantidade nem variedade para comprar internamente. Precisamos recomeçar e mostrar para a população que eles podem ter uma renda a partir da agricultura”, afirma. 

De acordo com o deputado estadual Sidney Leite (DEM), o objetivo é fazer a ponte entre os novos administradores e aqueles que podem agregar parcerias para o desenvolvimento econômico dos municípios.

“O grande desafio hoje para qualquer governante é interiorizar o desenvolvimento econômico no nosso Estado. O primeiro setor é o melhor caminho para gerar alternativa de emprego e renda nesses municípios”, destacou Sidney Leite.  A ideia, segundo ele, é buscar tecnologias dominadas dentro de atividades já praticadas no interior do Estado, como a mandioca que hoje pode produzir em média de oito a doze toneladas com a tecnologia da Embrapa.

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.