Siga o Portal do Holanda

Justiça decide manter candidatura do 'Padre Carlos'

Publicado

em

Por


O juiz da comarca de Maués, Márcio Torres, decidiu por manter a candidatura de Raimundo Carlos Góes Pinheiro (PT), o ‘Padre Carlos’, a prefeito daquele município, indeferindo o pedido de impugnação feito pela coligação ‘Muda Maués'’ que tem como candidato majoritário o vereador Júnior Leite (PDT), sobrinho do deputado estadual Sidney Leite (DEM).
 
A decisão foi tomada na última quinta-feira (26), mas o documento só chegou às mãos de Padre Carlos no fim de semana, quando ele visitava comunidades ribeirinhas dos setores de Urupadi e Maués-Mirim.
 
Na sentença, o juiz Márcio Torres informa que a coligação ‘Muda Maués’ alegou que a paróquia de Maués, supostamente comandada por Padre Carlos, se beneficiava de recursos de natureza pública (aluguel de salas da paróquia para a Prefeitura). No entanto, uma planilha, de origem não informada, entregue pela impugnante, constava empenhos relativos aos meses de janeiro, março, maio e agosto de 2011, muito antes do prazo máximo dado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para rescisão de contratos.
 
As provas foram invalidadas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e a Justiça acompanhou o parecer. “É que os documentos nada provam, constituindo-se a impugnação de mera falácia”, argumentou o juiz.
 
Ainda na sentença, o magistrado disse que a coligação ‘Por Amor a Maués’ alegou vício de representação do impugnante e apresentou documentos os quais indicam que o bispo diocesano de Parintins exerce o comando da sociedade civil religiosa, o que garante a legitimidade da candidatura Padre Carlos.
 
O juiz concluiu que Padre Carlos não ocupa função na administração pública, tendo sua ocupação laboral de caráter filantrópica. “Considerando não haver impedimento - quer de ordem material ou formal - defiro o pedido de registro de candidatura do requerente Raimundo Carlos Góes Pinheiro para o cargo de prefeito municipal de Maués”.
 
Líder nas pesquisas de intenção de voto, Padre Carlos vem incomodando os adversários, principalmente os que têm apoio da máquina pública e dos grupos políticos da cidade. Na última semana, a caminhada de Padre Carlos arrastou mais de 4 mil pessoas às ruas de Maués. Ele recebeu o apoio do governador Omar Aziz.
 

NULL

+

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.