Juíza arquiva processo que dividia familia Chamma

Por

03/11/2012 9h46 — em Amazonas

 A juíza Joana dos Santos Meireles, da 1ª Vara Cível e de Acidentes de Trabalho, extinguiu a Ação de Reparação de Danos Materiais e Morais com Dissolução de Sociedade Empresarial, movida por Rodolfo Bader Chamma contra o arquiteto João Bosco Bader Chamma.


A magistrada condenou Rodolfo Chamma ao pagamento das custas processuais, arbitrados sobre o valor atribuído à causa, de R$ 100 mil.

De acordo com a juíza,  Rodolfo  não comprovou a sua condição de beneficiário da Justiça Gratuita, como também não emendou    a inicial, dando o valor correto à ação. Como o processo ficou paralisado desde 7 de janeiro de 2008,   sem manifestação da parte,  a  magistrada determinou a sua extinção
 

NULL

Veja também