Siga o Portal do Holanda

Manaus

Diretores da Eletrobras/Amazonas Energia não convencem deputados

Publicado

em

Por

Os diretores da Eletrobras/Amazonas Energia que estiveram na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) para em Cessão de Tempo dar explicações sobre os recentes apagões ocorridos em Manaus não chegaram a convencer os deputados estaduais com as explicações prestadas. 
 
O convite foi feito pelo deputado estadual Sinésio Campos (PT), líder do governo na Casa Legislativa. A reunião foi presidida pelo deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD), presidente da ALEAM, com as presenças do presidente da Eletrobras/Amazonas Energia Marcos Madureira e do diretor Tarcisio Rosa.

Em aparte o deputado estadual Marcelo Ramos (PSB) voltou a ler o documento oficial da empresa o que, segundo ele, contradiz com o que o representante da empresa explanou. Diante do que ouviu com relação aos cortes de orçamento da empresa em 20% o parlamentar questionou se esse percentual vai resultar em mais apagões..

O deputado disse que vai insistir na criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Apagão, afirmando que somente com ela poderá ter esclarecimentos verdadeiros por parte da Amazonas Energia. “O povo merece resposta verdadeira. Estou cada vez mais convicto essa é a alternativa para investigar o problema”, afirmou. 

Já o deputado estadual Marcos Rotta (PMDB) disse que está saturado das audiências feitas na ALEAM com promessas não cumpridas por parte da Amazonas Energia. Ele questionou os prejuízos causados pelos apagões aos consumidores. 

Como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da ALEAM, Marcos Rotta disse que procurou o Procon para que a empresa seja multada. “Tomara que a Amazonas Energia tenha compromisso verdadeiro com a sociedade amazonense”, disse, ressaltando não aguentar mais ouvir falar dos números de investimentos que a empresa vai fazer. 

A deputada estadual Conceição Sampaio (PP) defende que o povo precisa de energia permanente, ressaltando a Constituição Federal que diz ser universal o acesso a energia pública. “A população não pode sofrer mais com os apagões”, declarou. 

Já o deputado estadual Tony Medeiros (PSL) ressaltou que além dos problemas dos apagões tem também os de geração, utilizando o diesel como combustível. Situação que deverá ser resolvida com a chegada do Linhão de Tucuruí. “Precisamos encontrar alternativas que reduzam os problemas dos apagões e os desvios de energia com os famosos “gatos”, mencionou.  <BR><BR>

O deputado estadual Arthur Bisneto (PSDB) questionou os atendimentos de serviços e pediu melhoria nas informações por parte da companhia. <BR><BR>

    O deputado estadual Luiz Castro (PPS) disse que a decisão imposta pelo governo federal sobre corte linear em 20% nos contratos de empresas terceirizadas pela Amazonas Energia é uma situação complicada porque se por um lado mostra o indicador econômico do governo federal, por outro prejudica a população e outras áreas, como a área de saúde”, contestou. <BR><BR>

Castro reconhece como positivo os investimentos e melhorias feitas no interior do Estado, mas questiona o fato da companhia  não trabalhar preventivamente, e por não fazer um sistema de isolamento sistêmico.
 

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.