Siga o Portal do Holanda

Amazonas

CPI da água não aceitará relatório paralelo

Publicado

em

Por

A   proposta do vereador Waldemir José (PT) de inserir no grupo técnico da CPi da Água  um assessor de sua confiança para produzir um relatório paralelo do seu gabinete, foi rejeitado pelos vereadores.  Embora o presidente Leonel Feitoza defendesse a “abertura democrática” nas investigações e auditorias técnicas, os demais membros da CPI não concordaram com a produção de um relatório diferente do que será produzido pelo relator Marcel Alexandre (PMDB

 

Manaus ( Portal do Holanda) - Antes de sair  para a primeira das visitas agendadas para esta semana, a CPI da Água reuniu o time completo de sete vereadores para apresentar os técnicos Paulo Rodrigues de Souza e José Rodrigues Cardoso Filho, que vão assessorar a comissão na análise e auditoria da documentação dos órgãos envolvidos no sistema de água e saneamento básico de Manaus, sob investigação dos vereadores.

A reunião convocada para apresentação e instrução aos técnicos que vão produzir o material para análise e relatório final da comissão, acabou  recolocando em discussão uma proposta do vereador Waldemir José (PT) de inserir no grupo técnico um assessor de sua confiança para produzir um relatório paralelo do seu gabinete.

Embora o presidente Leonel Feitoza defendesse a “abertura democrática” nas investigações e auditorias técnicas, os demais membros da CPI não concordaram com a produção de um relatório diferente do que será produzido pelo relator Marcel Alexandre (PMDB). A começar pelo próprio Alexandre, que defendeu a construção de um relatório único do grupo por temer “a gente construa um monstrinho de várias cabeças”.

Mário Bastos (PRP) mostrou preocupação com o conflito de informações que isso poderia gerar. “Temos de tomar cuidado para não sermos pegos de surpresa pela notícia”, disse, destacando a responsabilidade do grupo de mostrar para a população “que isso aqui não vai dar em pizza”. Ele foi apoiado por Jefferson Anjos (PV) que também aventou a hipótese de surgirem relatórios conflitantes.

Winton Lira (PSD) sugeriu colocar a proposta em votação lembrando que a CPI é constituída de um grupo “e precisamos ter uma posição de grupo sobre as questões”. Como cinco membros votaram por um relatório único, o presidente Leonel Feitoza permitiu que Waldemir José possa fazer seu relatório particular, mas definiu que “o relatório que vai ser apresentado oficialmente é o do vereador Marcel Alexandre”.

Ainda durante a reunião o presidente recebeu telefonema da empresa Águas do Amazonas informando quem a diretoria estava à disposição para receber os técnicos da CPI para o início da auditoria in loco, conforme solicitado na semana passada. Feito o encaminhamento dos mesmos, a comissão encerrou a reunião e saiu para a primeira pauta de visitas, na zona Leste, por volta das 11h30.

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.