Arquivada ação contra dono do posto acusado de favorecer Amazonino

Por

20/04/2012 0h04 — em Amazonas

O juiz da 65ª zona eleitoral, Marcos Santos Maciel, decidiu arquivar a representação proposta pelo Ministério Público contra o empresário Haroldo de Lima Ale, dono do Posto Recopel, onde eleitores e apoiadores da campanha do prefeito Amazonino Mendes teriam sido  flagranteados abastecendo seus veículos na véspera das eleições do primeiro turno, em 2008


Marco Maciel julgou improcedente as denúncias de que o empresário teria contribuído para os crimes de captação ilícita de sufrágio (compra de voto) e abuso do poder econômico, no episódio em que Amazonino e Carlos Souza chegaram a ter seus registros de candidatura cassados pela juíza Maria Eunice Torres do Nascimento.

A decisão do magistrado atendeu ao parecer do Ministério Público Eleitoral,  que após quatro anos, entendeu que Haroldo não é agente político, não pertence a partido político e assim estaria descaracterizado tanto a captação ilícita de sufrágio quanto a captação ilícita de recursos.
 

NULL

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas