Siga o Portal do Holanda

Amazonas tem sua torre de babel na disputa politica deste ano

Publicado

em

Por

Português, espanhol, baniwa, uanano, kuripako, nheengatu, uerequena, tucano e arara. Essas são algumas das línguas faladas em São Gabriel da Cachoeira (AM).
Com 76 % de sua população declarada indígena, segundo o último censo federal, São Gabriel, de quase 40 mil habitantes, ocupa uma área maior do que Portugal. Os superlativos não param por aí. A cidade concentra o maior número de línguas das Américas.


São essas características que faz de São Gabriel da Cachoeira o mais indígena dos municípios do Brasil, situado na fronteira da Colômbia e Venezuela, e é onde se testemunha o crescimento desordenado de sua cidade-sede e demais aglomerados urbanos.


Deste processo surge uma série de problemas sociais, econômicos e ambientais que atinge, em especial, a população indígena jovem. Ao mesmo tempo, as demandas das mais de 500 comunidades de 23 etnias locais não encontram respostas adequadas do poder público.


Distante 852 quilômetros linha reta de Manaus, e 1146 por via fluvial, São Gabriel vive hoje um acentuado desejo de mudança no campo politico eleitoral.
Com oito (8) candidatos homologados pelo TRE (AM) aptos a disputar as eleições para prefeito, a cidade espera pode escolher entre esses candidatos a melhor opção para suas enormes demandas sociais que parecem não ter fim.
Com uma população onde mais da metade tem apenas 19 anos, cujo consumo intenso e desregrado de álcool durante as festas nas boates da cidade, com formação de “galeras” que, à noite, roubam e espancam transeuntes, e uma incidência preocupante de casos de violência sexual contra as próprias mulheres indígenas de São Gabriel da Cachoeira.


Administrar esta verdadeira Torre de Babel é um desafio para Poder Público. E foi por absoluta falta de apoio e experiência em gerir a máquina administrativa municipal que o atual prefeito, Pedro Garcia (PT) encontra forte resistência dos caciques das tribos indígenas em renovar o seu mandato.


Os postulantes ao cargo de prefeito pelos próximos quatro anos entram na disputa oferecendo seus currículos e especialidades. Há de tudo: de militar, comerciantes, professor, radialista, e até caciques.

 

 

NULL

+

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.