Siga o Portal do Holanda

Manaus

Amazonas recebeu R$ 400 milhoes do BNDES para construção de arena

Publicado

em

Por

O BNDES já desembolsou R$ 1,1 bilhão ( dos quais R$ R$ 400 milhões ao Amazonas) para obras de construção ou reformas de estádios que receberão partidas da Copa do Mundo de 2014, e também da Copa das Confederações. O balanço foi divulgado ontem pelo banco, e é correspondente ao valor das parcelas já liberado para os Estados para serem usados nas arenas.


Até agora, já foram aprovadas e contratadas as operações para os seguintes Estados, de acordo com o BNDES: Amazonas, R$ 400 milhões; Bahia, R$ 323,7 milhões; Ceará, R$ 351,5 milhões; Mato Grosso, 392,3 milhões; e Rio Grande do Norte, R$ 398,7 milhões. Além disso, Mato Grosso, Pernambuco e Rio de Janeiro têm aprovados e contratados R$ 400 milhões.

O banco só libera o dinheiro parceladamente. Mas o Estado só tem acesso a uma parcela depois de comprovar que usou integralmente a anterior. No caso do programa ProCopa Arenas, o Banco estabeleceu ainda que desembolsos superiores a 20% do crédito estão condicionados à apresentação do projeto executivo da arena aprovado pela Fifa; ao contrato com a entidade certificadora de Qualidade Ambiental; ao contrato estabelecido com empresa independente de auditoria; além da descrição dos projetos básicos e contratação de obras no entorno das arenas.

Outro programa do BNDES para o Mundial, o ProCopa Turismo, tem dotação de R$ 1 bilhão, com R$ 277 milhões já destinadas para operações aprovadas. O dinheiro tem de ser investido na reforma ou construção de hotéis.

Outros R$ 606 milhões são referentes a pedidos de financiamento, que estão em análise, solicitados por empresas de vários Estados.


Em dezembro do ano passado, Wellington Lins  foi sequestrado e para ser libertado pagou e R$ 1 milhão pelo resgate. A Polícia conseguiu reaver o dinheiro e prender a quadrilha ao descobrir que um funcionário da Fametro estva envolvido.

AE-OESP

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.