Am Energia descobre gatos em fábricas e mansões

Por

12/03/2012 20h27 — em Manaus

Equipes de inspeção da Eletrobras Amazonas Energia realizam durante esta segunda-feira uma mega operação no local conhecido como Ramal do Bancrévea e adjacências, localizados na Vivenda Verde, Zona Oeste de Manaus. No local, foram identificados oito estabelecimentos que furtavam energia, entre eles: um hotel, um balneário, uma fábrica de soldagem, um estaleiro e quatro residências.

Pelo menos sete equipes técnicas trabalharam simultaneamente para notificar e autuar em flagrantes as unidades clandestinas. Em duas delas, as equipes contaram com a participação dos peritos do Instituto de Criminalística (Incrim) e investigadores da Polícia Civil.

Durante a operação, duas pessoas foram intimadas a prestar esclarecimentos no 19º Distrito Integrado de Polícia (19º DIP), localizado na Compensa, também na Zona Oeste.

Em todas as oito unidades, os técnicos da Eletrobras Amazonas Energia configuraram as ocorrências como furtos de energia. O crime, previsto no Código Penal Brasileiro, artigo 155, foi caracterizado por conta das irregularidades do tipo: autorreligação sem medidor (re-ligação sem autorização da empresa) e ligações clandestinas.

Apenas no estaleiro houve resistência por parte de um homem que se identificou como o proprietário do estabelecimento e impediu que as equipes pudessem ter acesso ao local. Ele afirmou que o estaleiro estava legalizado apesar de a unidade consumidora não ser reconhecida pela empresa. No entanto, o homem foi intimado a prestar esclarecimentos na delegacia.

O saldo da operação foi o desligamento de quatro transformadores que estavam conectados clandestinamente na rede de alta tensão. Ao todo, sete estabelecimentos tiveram a energia elétrica desligada.

A Eletrobras Amazonas Energia estima um prejuízo de 128 mil kWh, o equivalente a aproximadamente R$ 66.480 mil. Esse volume de energia seria suficiente para atender 640 residências com consumo estimado mensal de 200 kWh por mês.
 

NULL

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus