Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Aleam esclarece gasto de R$ 5,6 milhões com divisórias

Publicado

em

Por

Em nota, a  Diretoria de Comunicação Social da Assembleia Legislativa  justifica os gastos - cerca de R$ 5,6 milhões - com divisórias e móveis, conforme publicou o Portal do Holanda nesta terça-feira, mas acrescenta que essa é uma despesa que não será feita de uma única vez: "a Ata de Registro de Preços é válida por um ano, prorrogável por igual período"

A nota explica    que em  2006, ano em que o Poder Legislativo fez a mudança de sua sede no Centro de Manaus para a atual, no bairro Parque Dez, houve uma restrição orçamentária que limitou a compra de mobiliário apenas para o subsolo, térreo, 1º, 2º e 3º andares


Desde então, diz a nota,  os andares seguintes – 4º ao 7º – funcionam com móveis trazidos da sede antiga da Aleam, alguns com mais de uma década de uso. Este ano, o Parlamento abriu processo licitatório para a renovação desses pavimentos com paredes divisórias, portas de giro, arquivo deslizante, armários, bancadas, balcões etc.

A licitação, segundo a diretoria de comunicaçao da Aleam,  ocorreu via Pregão Presencial nº 039/2012 que selecionou duas empresas (HL Serviços e Comércio Ltda. e Sparch Equipamentos Organizacionais Ltda.) que compõem uma Ata de Registro de Preços, sistema que cataloga preços, para que seja escolhido o menor quando for necessário adquirir o material.

A Aleam, acrescenta a nota,  não fará a aquisição do material contratado em um único momento, uma vez que esta Ata de Registro de Preços é válida por um ano, prorrogável por igual período.

"Ressaltamos, ainda, que a iniciativa faz parte das ações de modernização do Poder Legislativo para melhor atender à sociedade, uma das prioridades da gestão do presidente, deputado estadual Ricardo Nicolau."
 

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.