Sinetram pede aumento de multa a rodoviários por greve ilegal nesta terça

Por Portal do Holanda

29/05/2018 11h01 — em Amazonas

Foto: Pedro Braga Jr./Portal do Holanda

Manaus/AM - O Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11) divulgou nota pública, na manhã desta terça-feira (29), comunicando que a presidente, desembargadora Eleonora Saunier, se encontra em análise da medida judicial impetrada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), onde requer majoração (aumento) da multa já deferida pela desembargadora plantonista, em virtude de descumprimento de ordem contida nos autos do Dissídio Coletivo de Greve.

 

No último final de semana, a desembargadora Ruth Barbosa Sampaio considerou ilegal e abusiva a greve dos rodoviários anunciada para esta terça-feira pelos rodoviários, com multa no valor de R$ 30 mil em caso de descumprimento da ordem judicial. O Sinetram pediu aumento da multa, mas não estipulou valores, conforme informação da assessoria jurídica. 


+ Amazonas