Senador repercute artigo de professor da Ufam e pergunta quem paga pelo clima

Por Portal do Holanda

04/10/2019 12h10 — em Amazonas

O senador Lucas Barreto (PSD-AP) defendeu em plenário, na quinta-feira, dia 3, mais investimentos e exploração dos potenciais da Amazônia para o desenvolvimento da região. Ele repercutiu artigo escrito por Augusto Barreto Rocha, professor da Universidade Federal do Amazonas, que após realizar pesquisa com outros estudiosos certificaram que o principal entrave para o crescimento do Brasil é a falta de infraestrutura.

Senador pelo Amapá, Lucas Barreto questiona quem paga pela conservação da floresta e e manutenção do clima

Lucas Barreto citou proposta apresentada pelos professores sugerindo um marco estratégico para o desenvolvimento do Amazonas, tendo como base a produção científica em três vetores: infraestrutura, produção, e ciência e tecnologia. Ao informar que o Amapá é um dos estados que concentra maior reserva mineral, de gás e petróleo, Lucas Barreto lamentou que os potenciais não sejam explorados em razão da responsabilidade com a manutenção do clima no mundo.

“Quanto vale manter o clima”

“Nós estamos ajudando a manter o clima do Brasil, da Europa ocidental, da América do Sul, da América do Norte; nós estamos ajudando a manter as condições climáticas para a agricultura, que é o que garante o nosso Produto Interno Bruno (PIB). E aí eu pergunto: quanto vale manter o clima? Quanto vale manter as condições climáticas? Aí pergunto: quem paga? Ninguém paga nada! Só querem falar: "Ah, tem que proteger a Amazônia, é o pulmão do mundo". Vai viver lá! Ninguém vive de moldura, como eu falei, uma moldura lá das árvores bonitas, uma moldura cênica... Isso não enche barriga — disse.

Fonte: Agência Senado

Foto: Eustáquio Libório/PH


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas