Siga o Portal do Holanda

Problemas recorrentes

Procon convoca operadoras de telefonia móvel para discutir soluções da rede no Amazonas

Publicado

em

Foto: Reprodução

Manaus/AM - O Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon-AM) realiza, nesta terça-feira (18), reunião com operadoras de telefonia móvel que operam no Amazonas e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O encontro será as 11h, na sede do órgão, na avenida André Araújo, 1.500, bairro Aleixo, zona centro-sul.

O objetivo é que as operadoras Vivo, Tim, Oi e Claro apresentem as providências que estão sendo tomadas para que os problemas mais recorrentes que os consumidores da capital e do interior sofrem sejam sanadas. “Os principais pontos são a oscilação do sinal do telefone e a falta do sinal de internet. Cobrança indevida, serviço contratado mas não fornecido e SAC são outras pautas a serem discutidas”, informa o titular do Procon-AM, Jalil Fraxe.

Segundo Fraxe, a qualidade do sinal de telefonia móvel e internet na capital está mais assistido, mas mesmo assim há reclamações. No interior, a situação é precária.

“Ao todo, 86% da população amazonense possui acesso às redes móveis. Mais do que o Pará, que tem 84%. Esses consumidores geram receita para as operadoras, e mesmo assim recebemos várias reclamações em relação ao mau serviço prestado no interior. Em municípios próximos à capital como Iranduba, Careiro e Manacapuru, o sinal já sofre oscilação, imagine nos mais afastados”, ressalta.

O sinal de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus) também será outro ponto discutido. “Já começaram a chegar reclamações de moradores do município, que atualmente são prejudicados pela oscilação do sinal, inclusive de internet. Alguns comerciantes ficam impossibilitados de usar as máquinas de cartão e isso causa prejuízos. No período do Festival, tudo piora e essa é a preocupação dos moradores. As operadoras terão que prestar esclarecimentos do porquê disso e apresentar providências”, informa Fraxe. 

Crime organizado infiltrado na política

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.



Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.