Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Cônsul de El Salvador adere à criação do Polo Tecnológico de Manaus

Publicado

em

Foto: Divulgação

Manaus/AM - O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Joelson Silva (PSDB), participou nesta quinta-feira (11), da cerimônia que marcou a adesão do cônsul honorário de El Salvador, Almicar Antônio Aguilar Baires, à Frente Parlamentar para Criação do Polo Tecnológico de Manaus. O evento foi realizado na sala de cinema Silvino Santos, localizada nas instalações da própria CMM. 

A Frente Parlamentar foi criada no último dia 3 e já ganhou a adesão de instituições como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), além da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). Na CMM, o movimento também tem o apoio dos vereadores Ewerton Wanderley, Alonso Oliveira e Gedeão Amorim. 

O objetivo com a criação da frente é mobilizar e promover o debate entre diversos representantes da sociedade civil e Casas Legislativas, para a elaboração de um estudo técnico de viabilidade econômica. Esse estudo deve embasar a construção de uma legislação tributária diferenciada, que torne Manaus um ambiente atrativo para a indústria 4.0, para fomentar o ambiente tecnológico da capital amazonense a partir do estímulo a processos industriais mais eficientes, produtivos e modernos, além do desenvolvimento de novas tecnologias e inovação, por parte de empresas, institutos e startups.

De acordo com Joelson Silva, a meta é aglutinar cada vez mais apoio para a recuperação da economia local, com produção de atividades econômicas de desenvolvimento sustentável, voltados para a biodiversidade, além de mais investimentos  em tecnologia. 

"A gente quer discutir, debater e dar sugestões, apontar caminhos. É muito importante quando a Câmara toma essa decisão, no intuito de agregar todas as pessoas que querem bem á nossa cidade, ao nosso estado", destacou o presidente da CMM. 

Incentivo

Para o cônsul Almicar Antônio Aguilar Baires, a adesão à frente parlamentar representa muito mais que um apoio, mais um incentivo a mais para fazer com que Manaus e o Amazonas se inspirem em iniciativas de El Salvador, cuja economia cresce a 3,5% ao com inflação de apenas 0,5%. 

"Não se pode pensar que a Zona Franca vai salvar o estado para o resto da vida. Precisamos investir em tecnologia, principalmente aplicada a agricultura”, afirmou o salvadorenho, que deve levar uma comitiva de empresários amazonenses para conhecer o país.

Apagão em Manacapuru e Iranduba é descaso com o povo

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.