Compartilhe este texto

Republicanos negacionistas das eleições nos EUA perdem primárias no Colorado

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

29/06/2022 10h05 — em
Mundo



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Republicanos que apoiaram as falsas alegações do ex-presidente Donald Trump de que as eleições de 2020 foram roubadas sofreram derrotas na corrida pelas nomeações do estado do Colorado à disputa nas eleições do meio de mandato ("midterms").

Os dois nomes do Colorado, o candidato ao Senado Ron Hanks e a secretária de condado Tina Peters -que havia buscado a indicação republicana para ser a principal autoridade eleitoral do estado-, estão entre dezenas de republicanos negacionistas do resultado das eleições presidenciais de 2020.

Pesquisas já indicavam a derrota de ambos. Hanks perdeu as primárias do Senado para o empresário Joe O'Dea, que reconheceu repetidas vezes que o democrata Joe Biden foi o vitorioso nas eleições. Hanks participou da invasão do Capitólio em 6 de janeiro, um dos maiores ataques à democracia americana na história.

Peters, que foi indiciada por fraude eleitoral e impedida de supervisionar a votação em seu condado este ano, perdeu a nomeação à secretaria de estado para Pam Anderson, uma ex-funcionária do condado que também rejeitou as alegações infundadas de Trump.

"Vou continuar minha luta para restaurar a confiança dos eleitores do Colorado contra as mentiras e os políticos ou grupos de interesse que buscam usar a administração eleitoral como arma para obter vantagens políticas", disse Anderson após sua vitória.

As derrotas acontecem em uma temporada de primárias que vem testando a ressonância das alegadas fraudes eleitorais de Trump, que foram rejeitadas por autoridades e os tribunais, inclusive por juízes que ele nomeou.

Ocorrem ainda no dia em que um comitê do Congresso que investiga o 6 de Janeiro ouviu o depoimento de uma ex-assessora da Casa Branca durante o governo Trump. Cassidy Hutchinson testemunhou que Trump pediu a retirada de medidas de segurança na ocasião mesmo ciente de que seus apoiadores estavam armados.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo


11/08/2022

Alemanha