Posse de Biden vai ter reforço de 20 mil soldados da Guarda Nacional

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

13/01/2021 18h05 — em Mundo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio ao temor de novos episódios de violência em Washington, as autoridades locais requisitaram um aumento no tamanho do reforço que fará a segurança da cidade durante a posse de Joe Biden como presidente dos EUA, que está está marcada para a próxima quarta (20)

Assim, agora mais 20 mil soldados da Guarda Nacional devem nas ruas durante a cerimônia, anunciou nesta quarta (13) o chefe da polícia local, Robert Contee - as informações iniciais eram que seriam 15 mil.

O número agora é maior que a atual quantidade de soldados americanos no Afeganistão e no Iraque. E o contingente ainda pode aumentar para a casa de 30 mil agentes, caso as autoridades considerem necessário.

Além da Guarda Nacional, as polícias metropolitana e legislativa também devem ajudar na segurança durante a posse, todas sob coordenação do Serviço Secreto.

O objetivo da medida é evitar a repetição das cenas da última quarta (6), quando apoiadores de Donald Trump invadiram o Capitólio - a sede do Congresso - em uma ação que deixou cinco mortos.

De acordo com a rede de TV CNN, o governo americano estuda inclusive aumentar o nível de alerta para um ataque terrorista na capital durante a posse.

+ Mundo