Pompeo anuncia sanções a autoridades chinesas: 'Uso de táticas de coerção'

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

04/12/2020 13h50 — em Mundo

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, anunciou nesta sexta-feira, 4, a imposição de uma série de sanções a autoridades chinesas que, segundo ele, estariam envolvidas em atividades de supressão da liberdade de expressão em todo o mundo. "O Partido Comunista Chinês, há muito, busca espalhar a ideologia marxista-leninista e exercer influência ao redor do planeta", disse, em comunicado.

As punições incluem restrições de visto para indivíduos ligados ao Departamento de Trabalho da Frente Unida da China. O chefe da diplomacia americana acusa a entidade de empregar violência, roubos e opressão de acadêmicos nos lugares em que atuam. "Os EUA instam o Partido Comunista Chinês a encerrar o uso de táticas de coerção", exortou.


+ Mundo