Líder republicano diz que não decidiu se Trump deve ser afastado pelo Senado

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

14/01/2021 0h47 — em Mundo

O líder do Partido Republicano no Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell, afirmou aos colegas de legenda que ainda não decidiu se o presidente Donald Trump deve ser condenado pela Casa no processo de impeachment. Em uma carta endereçada aos senadores republicanos, ele também descartou a possibilidade de uma votação rápida do processo.

"Eu ainda não tomei uma decisão final sobre como vou votar e pretendo ouvir os argumentos legais quando eles forem apresentados ao Senado", McConnell escreveu. A carta foi enviada minutos após a Câmara dos Deputados dos EUA aprovar o impeachment de Trump por 232 votos a 197.

Em um comunicado, McConnell sugeriu que a votação do impeachment no Senado só deve começar depois do dia 19 de janeiro, rejeitando um pedido dos democratas para começar o processo imediatamente para retirar Trump do cargo. O presidente eleito pelo partido Democrata, Joe Biden, toma posse no dia 20 de janeiro.

Nesta quarta-feira, 13, Trump se tornou o primeiro presidente dos Estados Unidos a sofrer dois processos de afastamento em um mandato. Dez deputados republicanos, o partido do presidente, votaram a favor do impeachment e cinco se abstiveram. No primeiro processo, de 2019, nenhum republicano apoiou o afastamento de Trump.


+ Mundo