Compartilhe este texto

Guterres, da ONU, condena ações de Israel que 'mataram dezenas de civis inocentes' em Rafah

Por Estadão Conteúdo (Agência Estado)

27/05/2024 15h50 — em
Mundo



O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, condenou as ações de Israel, que "mataram dezenas de civis inocentes que apenas procuravam abrigo neste conflito mortal". Em postagem na rede social X, o líder afirmou que "não há lugar seguro em Gaza", e que "este horror deve parar".

Israel enfrentou nova rodada de condenações de parte da comunidade internacional, nesta segunda-feira, pelos ataques na cidade de Rafah, no sul de Gaza, que autoridades de saúde locais disseram ter matado pelo menos 45 palestinos.

O Alto Representante da União Europeia, Josep Borrell, afirmou que está "horrorizado com as notícias vindas de Rafah sobre os ataques israelenses que mataram dezenas de pessoas deslocadas, incluindo crianças pequenas". "Condeno isto nos termos mais veementes. As ordens da Corte Internacional de Justiça (CIJ) e o Direito Internacional Humanitário devem ser respeitados por todas as partes", apontou.

A França disse estar "indignada" com a violência. "Essas operações devem parar. Não existem áreas seguras em Rafah para civis palestinos. Apelo ao pleno respeito pelo direito internacional e a um cessar-fogo imediato", publicou o presidente Emmanuel Macron no X.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo