Compartilhe este texto

Governo do Peru inclui transexualidade em lista de doenças mentais

Por Portal Do Holanda

15/05/2024 8h53 — em
Mundo


Foto: Istock

O Ministério da Saúde do Peru rotulou a transexualidade e os distúrbios de identidade de gênero como doenças mentais. A decisão, anunciada em 10 de maio, incluiu a condição sexual em uma lista de condições que os planos de saúde devem cobrir em seus tratamentos.

Segundo relatos do jornal "El Comércio", a inclusão na lista é crucial para que as seguradoras ofereçam cobertura para terapia relacionada a essas condições. Além da transexualidade, a lista abrange também o travestismo, transtornos de gênero na infância e outras variações de transtornos de identidade de gênero.

No entanto, a decisão contrasta com as tendências internacionais. Em 2019, a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a classificação da transexualidade como transtorno mental, reconhecendo-a como uma questão de saúde sexual, relacionada à conformidade de gênero.

A deputada Susel Paredes, ativista dos direitos LGBTQIA+, criticou a medida, destacando que a inclusão da transexualidade como uma doença apenas intensifica o estigma e a discriminação enfrentados pelas pessoas trans. Ela defendeu a implementação de políticas de saúde mental alinhadas aos padrões internacionais.

A organização Mais Igualdade Peru mobilizou mais de 400 profissionais de saúde mental para assinarem uma petição solicitando ao Ministério da Saúde que reavalie sua decisão.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo