França: Valérie Pécresse vence prévia republicana e será candidata à presidência

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

04/12/2021 13h39 — em Mundo

Valérie Pécresse, presidente do conselho regional da Ilha de França, na região de Paris, foi eleita pelos Republicanos para ser candidata à presidência francesa nas eleições de abril. Pécresse obteve 61% dos votos nas prévias do partido, contra 39% de Eric Ciotti, um parlamentar intransigente de Nice. Aproximadamente 140 mil membros dos Republicanos estavam aptos a votar. Política experiente, Pécresse, de 54 anos, foi ministra do Ensino Superior, do Orçamento e porta-voz do governo francês durante a presidência de Nicolas Sarkozy, de 2007 a 2012.

Após ser escolhida, Pécresse prometeu "romper" com as políticas centristas do atual presidente, Emmanuel Macron, a quem já antecipa como candidato à reeleição, mas que ainda deve anunciar formalmente a busca pelo segundo mandato. Pécresse também pediu aos eleitores que evitassem o apoio a candidatos da extrema direita, com o argumento de que só os conservadores podem unir o povo francês e aliviar as tensões no país.

A imigração e a segurança apareceram como principais assuntos nas prévias do partido, sobretudo por causa de outro presidenciável que entrou na disputa nesta semana, Eric Zemmour, escritor, ex-comentarista de televisão e ex-jornalista com várias condenações por discurso de intolerância. Zemmour anunciou formalmente sua candidatura em um vídeo no qual reproduziu imagens contra os migrantes e o islã.

"Pela primeira vez na história, nossa família política terá uma candidata mulher em uma eleição presidencial", disse Pécresse, que elogiou a "audácia" dos membros do partido que votaram nela. "Farei meu melhor esforço, com minha força, energia e determinação para que nossos pontos de vista vençam. A direita voltou! Está unida e se reincorpora à batalha (presidencial) com vontade implacável", afirmou. Fonte: Associated Press.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo