Compartilhe este texto

Filha de Putin viajou a Alemanha 50 vezes em 2 anos e estaria namorando bailarino Igor Zelenski

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

20/05/2022 11h05 — em
Mundo



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A filha mais nova de Vladimir Putin, Katerina Tikhonova, viajou da Rússia a Munique, na Alemanha, mais de 50 vezes de 2017 a 2019, mostrou reportagem do russo iStories e do alemão Der Spiegel.

As viagens, segundo a investigação jornalística, eram feitas em voos fretados com apoio de Moscou e na companhia de funcionários do governo, incluindo a segurança presidencial.

A história chamou a atenção porque Putin, desde o início da Guerra da Ucrânia, intensificou o discurso contra o que chama de "traidores nacionais" —aqueles cuja mentalidade, diz o russo, está mais ligada ao Ocidente que a Moscou.

"Essas pessoas estão prontas para vender a própria mãe se lhes for permitido sentar junto a essa 'casta mais alta'", disse, em março.

Ainda de acordo com os jornais, uma menina de dois anos participou das viagens mais recentes, e especula-se que ela seja neta de Putin. O bailarino russo Igor Zelenski também esteve presente. Uma fonte anônima disse ao Der Spiegel que ele seria o atual companheiro de Katerina.

A despeito do sobrenome, Zelenski não tem parentesco com o presidente ucraniano, Volodimir Zelenski. De 2016 a abril de 2022, ele dirigiu a companhia de balé Bayerisches Staatsballet, de Munique. Quando renunciou ao cargo, um mês após a Rússia invadir a Ucrânia, justificou a decisão com questões familiares.

"Liderar uma companhia de balé requer concentração absoluta", disse em comunicado. "No momento, porém, assuntos familiares particulares exigem toda a minha atenção; minha família precisa do meu total apoio."



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo