Fauci diz que aceitou pedido de Biden para seguir no governo

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

04/12/2020 13h05 — em Mundo

O diretor do Instituto de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci, afirmou que aceitou o pedido do presidente eleito do país, Joe Biden, para permanecer no governo e atuar como um dos principais assessores médicos do democrata. "Eu disse sim no momento em que ele pediu", afirmou o infectologista, em entrevista à NBC.

O médico já trabalhou para vários presidentes, republicanos e democratas. Mas durante a administração do presidente Donald Trump, ele foi largamente posto de lado enquanto Trump fazia avaliações otimistas do coronavírus e insistia que a doença iria desaparecer.

Fauci defende o uso rigoroso de máscaras e o distanciamento social, práticas que não são seguidas com frequência na Casa Branca. Ontem, Biden disse que pedirá aos americanos que se comprometam a usar máscaras por 100 dias como um de seus primeiros atos como presidente. "Eu disse a ele que achava uma boa ideia", disse Fauci.


+ Mundo