Compartilhe este texto

Exército colombiano capacitará soldados ucranianos na remoção de minas terrestres

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

24/05/2022 6h20 — em
Mundo



Uma equipe do Exército da Colômbia viajará à Europa para capacitar soldados ucranianos em técnicas de remoção de minas terrestres, segundo anunciou o Ministério da Defesa da Colômbia nesta segunda-feira, 23. A capacitação é um pedido da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que convidou o país a participar do Grupo de Contato em Defesa da Ucrânia.

A Colômbia é especialista em técnicas de desminagem por conta do conflito armado interno, iniciado há 58 anos. O país é um dos que mais possuem minas terrestres no mundo, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU).

Segundo o ministro da Defesa colombiano, Diego Molano, o pedido levou em consideração esse histórico e a existência de um centro de treinamento de desminagem militar em Tolemaida, uma base militar perto de Bogotá, caracterizado por ter "grande experiência em capacidades e em informação". "Isso será colocado a serviço dos militares ucranianos, cujo treinamento será dado por 11 engenheiros militares que irão para um país membro da Otan, vizinho à Ucrânia", declarou Molano.

O objetivo do treinamento, acrescentou o ministro, é possibilitar a limpeza de diversas cidades que ficaram sob ocupação russa na Ucrânia. As minas terrestres colocam a vida de centenas de pessoas em risco mesmo muito tempo depois do fim dos conflitos.

A Ucrânia precisará de cinco a sete anos, de acordo com as previsões mais otimistas, para limpar todo o seu território de minas e munições não detonadas, segundo disse no sábado passado a vice-ministra do Interior do país, Meri Akopian.

"Estimamos que cerca de 300 mil quilômetros quadrados de território estão contaminados. Isso é dezenas de vezes mais do que a experiência internacional. Se nos basearmos no fato de que um dia de combate ativo equivale a 30 dias de desminagem, segundo as mais otimistas previsões, precisaremos de cinco a sete anos para a desminagem total", declarou.

Na Colômbia, as explosões de minas terrestres já mataram mais de 2.300 pessoas e feriram cerca de 10 mil desde 1990, segundo o governo. Elas foram plantadas ao longo de décadas de conflito entre as Forças Armadas, rebeldes de esquerda, paramilitares de direita e cartéis de droga. (Com agências internacionais).



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo