EUA: porta-voz diz que Biden vai negociar pacote fiscal nos próximos dias

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

21/01/2021 5h40 — em Mundo

A nova porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou na noite desta quarta-feira, 20, em sua primeira coletiva de imprensa, que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai negociar com parlamentares seu pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão nos próximos dias. O texto precisa do aval do Parlamento para entrar em vigor. "Espero sinceramente que democratas e republicanos vão aprovar o pacote", declarou.

Antes mesmo da posse, Biden apresentou um pacote de US$ 1,9 trilhão em medidas para amortecer os impactos da covid-19 na economia. Entre elas, a expedição de cheque de US$ 1.400 a cidadãos elegíveis, nos moldes do auxílio emergencial brasileiro. O valor se somaria ao cheque de US$ 600 já aprovado no Congresso e totalizaria benefício de US$ 2.000.

Contudo, como mostrou reportagem do Estadão/Broadcast, o pacote deve ser enxugado na Câmara e no Senado e pode terminar na ordem de US$ 1 trilhão. Ainda que a redução do projeto trilionário seja a hipótese mais provável entre analistas, Jen Psaki disse ser difícil pensar o que pode ser cortado. "Vai tirar verba voltada para a vacina contra covid-19? Vai extinguir a ampliação do salário mínimo? Não vejo o que pode ser cortado", afirmou.

A porta-voz evitou comentar o processo de impeachment do agora ex-presidente Donald Trump, acusado de insuflar apoiadores a invadir o Capitólio americano, fato ocorrido há duas semanas. O texto do impeachment já foi aprovado na Câmara dos Representantes e aguarda apreciação do Senado.

Mesmo fora do cargo, Trump pode ser considerado culpado e perder o direito de se candidatar novamente à presidência. "Nosso foco agora é o pacote fiscal", limitou-se a dizer Psaki, convocando nova coletiva de imprensa para esta quinta-feira, 21. O horário, contudo, não foi anunciado.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo