Estudo eleva temperatura nos testículos para interromper produção de espermatozoides

Por Portal do Holanda

02/08/2021 16h09 — em Mundo

Foto: Reprodução / Pixabay

A China faz estudos para chegar a um anticoncepcional para usos dos homens, e cientistas da Universidade de Nantong já se adiantaram na pesquisa.

Segundo o UOL, eles já formularam um método anticoncepcional que usaria nanopartículas de ímãs para aquecer os testículos de um homem, até interromper a produção de espermatozóides. O estudo já foi feito em camundongos e teve resultado positivo: os animais deixaram de produzir espermatozoides após sete dias com o tratamento, e depois de 60 dias, voltaram ao normal, e sem efeitos colaterais, mostrando que o caso é reversível.

Como ocorreu:

Foram injetadas nanopartículas banhadas numa solução de ácido cítrico na corrente sanguínea de ratinhos machos por dois dias, e elas foram guiadas até os testículos dos ratinhos usando ímãs. A temperatura nos testículos aumentou 40 graus Celsius, que interrompeu a produção de espermatozóides.

Os detalhes do experimento foram publicados nesta semana na revista científica "Nano Letters"


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo