Compartilhe este texto

Corpo de Navalni apresenta sinais de hematomas e convulsões, diz jornal

Por Folha de São Paulo

18/02/2024 17h00 — em
Mundo



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O corpo de Alexei Navalni, morto em circunstâncias misteriosas na sexta-feira (16) numa prisão no Ártico, apresenta sinais de hematomas e convulsões, ainda que esses ferimentos não pareçam ter sido causados por espancamento, segundo informações publicadas pelo jornal Novaya Gazeta Europe neste domingo (18).

Navalni, 47, era o mais conhecido crítico do governo do russo Vladimir Putin. Ele estava preso em uma cadeia na remota região de Iamalo-Nenets, no Ártico, e cumpria 30 anos de pena por condenações diversas.

De acordo com a publicação, o corpo de Navalni está no necrotério de um hospital de Salekhard, mas a autópsia ainda não havia sido realizada neste domingo.

Um paramédico local que não quis se identificar disse ao Novaya Gazeta que as lesões vistas no corpo de Navalni se assemelhavam às causadas por fortes convulsões. De acordo com o relato, a região torácica do ativista ainda apresentava sinais que indicam tentativas de ressuscitá-lo depois de uma parada cardíaca, cuja causa não está clara.

A morte de Navalni continua misteriosa. Governos ocidentais e oposicionistas russos culpam Vladimir Putin por ela, no mínimo devido às condições brutais de encarceramento na prisão conhecida como Lobo Polar, onde na sexta a temperatura chegou a -24ºC.

Ainda não há detalhes da necropsia do ativista, que foi visto dois dias antes com boa aparência em uma audiência virtual com um juiz de Moscou.

Liudmila, mãe de Navalni, visitou neste sábado a colônia penal onde seu filho morreu, enfrentando temperaturas de -30ºC. Segundo a assessora do ativista, Kira Iarmich, Liudmila recebeu um aviso oficial de óbito indicando o horário da morte como 14h17 no horário local de sexta.

"Quando a advogada e a mãe chegaram à colônia, receberam a informação de que a causa da morte de Navalni foi síndrome da morte súbita", disse Ivan Zhdanov, que dirige a Fundação Anticorrupção de Navalni, em postagem na plataforma X. Síndrome da morte súbita é um termo vago para diferentes síndromes cardíacas que causam parada cardíaca súbita e morte.

Mais tarde, autoridades disseram que o corpo não seria liberado até a conclusão da investigação.

Segundo o Serviço Federal Prisional russo, Navalni morreu após desmaiar durante uma caminhada. Ele cumpria uma pena de 30 anos e meio de cadeia, acusado de corrupção, desrespeito à corte e extremismo.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo