Compartilhe este texto

Cidade na Espanha vai multar em R$ 4 mil quem fizer xixi no mar

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

24/06/2022 10h06 — em
Mundo



SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Quem estiver na cidade de Vigo, na Espanha, deve pensar duas vezes antes de fazer suas necessidades fisiológicas no mar ou na praia. A prefeitura publicou uma portaria que estabelece uma multa no valor de 750 euros (equivalente a R$ 4,1 mil) para quem fizer "evacuação fisiológica no mar ou na praia".

De acordo com o canal espanhol Antena3, a multa também deverá ser aplicada em pessoas que defecarem na areia ou dentro da água.

A Câmara Municipal de Vigo explica que essas práticas foram classificadas como infrações às normas de higiene sanitária, e foram acrescentadas à epígrafe do artigo 12 da portaria de regulamentação da praia.

As autoridades locais afirmam ainda que durante a temporada de praia vai instalar banheiros públicos, para evitar que as pessoas tenham de fazer as suas necessidades no meio da areia ou do mar. No momento, não se sabe como as autoridades vão fazer cumprir essa lei.

A mesma portaria também contempla sanções para práticas como o uso de sabão na água da praia ou em elementos dedicados à higiene como chuveiros ou pedilúvios, jogar resíduos de qualquer tipo na areia, ou utilizar churrasqueiras ou botijões de gás em todo o ambiente devido a sua natureza inflamável.

Muitos usuários utilizaram as redes sociais para se queixar das regras excessivas que o país da Península Ibérica colocou, uma vez que anteriormente já foram definidas algumas restrições ao público que visita as praias.

Algumas das proibições mais polêmicas envolvem penalidades por acender uma churrasqueira, chegando a multas de até 1.500 euros.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo