Compartilhe este texto

China pede que EUA mantenham calma em relação à questão da Ucrânia

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

27/01/2022 8h37 — em Mundo


Dias antes de o presidente russo, Vladimir Putin, chegar a Pequim para uma reunião de cúpula com o líder Xi Jinping, a China alertou os EUA e seus aliados a não "intensificarem a crise" em torno da Ucrânia, que está sob ameaça de invasão da Rússia.

Em conversa telefônica, o ministro de Relações Exteriores chinês, Wang Yi, disse ao secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, que todas as partes envolvidas devem "manter a calma e evitar fazer coisas que estimulem tensões", segundo comunicado divulgado nesta quinta-feira (27) pela chancelaria da China.

O Departamento de Estado dos EUA, em comunicado com data de quarta-feira (26) pelo horário de Washington, diz que Blinken ressaltou a Wang os riscos impostos por agressões russas contra a Ucrânia. "Redução das tensões e diplomacia são o caminho responsável adiante", respondeu o secretário. Fonte: Dow Jones Newswires.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo