China impõe tarifas contra vinho da Austrália, ampliando tensão comercial

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

27/11/2020 14h13 — em Mundo

A China impôs tarifas antidumping sobre o vinho da Austrália, ampliando as tensões comerciais entre os dois países.

De acordo com o Ministério do Comércio chinês, as tarifas de importação variam de 107,1% a 212,1% e entram em vigor no sábado, 28. Elas foram impostas após uma investigação, iniciada em agosto, concluir que exportadores australianos subsidiaram vinho barato para venda no mercado chinês, prejudicando o setor na China.

O governo da Austrália rejeita o entendimento da China. Para o ministro do Comércio australiano, está errada a ideia de que o país subsidia a sua indústria de vinho para poder vender abaixo do custo nos mercados internacionais. "As descobertas são errôneas em fato e em substância", disse.

Birmingham disse que as tarifas sobre o vinho australiano fazem parte de uma campanha de pressão da China depois de a Austrália apoiar que fosse feita uma investigação internacional sobre a resposta inicial do governo de Pequim contra a covid-19. O ministro cita medidas alegadamente antidumping contra a carne bovina, a cevada e o carvão da Austrália. Fonte: Dow Jones Newswires.


+ Mundo