China: EUA bloquearam declaração conjunta na ONU sobre conflito no Oriente Médio

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

16/05/2021 17h09 — em Mundo

Os membros do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) condenaram a violência no Oriente Médio durante uma reunião de emergência neste domingo, mas não chegaram a um acordo sobre uma posição unificada depois que a China acusou os Estados Unidos de bloquear uma declaração conjunta.

"Lamentavelmente, simplesmente por causa da obstrução de um país, o Conselho de Segurança não conseguiu falar a uma só voz", disse o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, durante a reunião virtual. "Pedimos aos Estados Unidos que assumam suas devidas responsabilidades de ter uma posição justa."

O Departamento de Estado americano não respondeu a um pedido de comentário.

O secretário de Estado do país, Antony Blinken, questionado na semana passada sobre relatos de que os Estados Unidos haviam adiado uma reunião pública do Conselho de Segurança, disse que queria "dar algum tempo para que a diplomacia surta efeito".

O conflito que começou entre a polícia israelense e os palestinos sobre os despejos em Jerusalém se ampliou, com o grupo militante palestino Hamas disparando foguetes contra Jerusalém e as forças israelenses atingindo alvos em Gaza.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo