Camiseta incentiva nomeação à Suprema Corte nos EUA

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

22/09/2020 5h04 — em Mundo

Para muitos americanos, a morte da juíza Ruth Bader Ginsburg colocou ainda mais incerteza em uma já tensa campanha presidencial. Para outros, a despedida da juíza, reconhecida por sua luta pelos direitos da mulheres, uma figura tão popular que aparecia estampada em camisetas de progressistas, criou uma oportunidade para levantar recursos para a reeleição do presidente Donald Trump.

Desde sábado, a campanha republicana vende camisetas com a frase "Fill That Seat" (Ocupe a Vaga, em tradução livre) a US$ 30 (cerca de R$ 162), em alusão à indicação por Trump da substituta da juíza que morreu na sexta-feira de câncer.

A camiseta, toda em preto, traz a frase em letras maiúsculas em branco, imponentes sobre o logotipo "Make America Great Again" (lema da campanha de Trump) em letras menores. Acima de tudo está uma imagem da Suprema Corte, com uma bandeira americana hasteada.

RBG, como ficou conhecida a magistrada, era uma referência para os liberais americanos e uma figura pop. Ela foi retratada em filmes e livros e também aparecia em estampas de roupas, xícaras e outros souvenirs.

Trump já havia expressado sua intenção de preencher todas as vagas da Suprema Corte que pudessem ser ocupadas durante o seu mandato, sem importar o quão perto da eleição fosse preciso fazer a sua indicação, o que causou desconforto até em aliados - a disputa está marcada para 3 de novembro.

"Fomos colocados nessa posição de poder e importância para tomar decisões pelas pessoas que nos elegeram com tanto orgulho, e a mais importante delas, assim considerado há muito tempo, é a escolha dos juízes da Suprema Corte dos Estados Unidos", tuitou Trump, no sábado. Ele estimulou seu partido, que tem a maioria no Senado, a preencher a vaga "sem demora" - a indicação presidencial tem de passar pela análise da Casa.

A morte de Ginsburg acirrou a disputa eleitoral, dando impulso à base conservadora de Trump - ansiosa para ver o tribunal anular a decisão do caso Roe versus Wade, de 1973, que legalizou o aborto em todo o país.

"Estarei apresentando uma nomeada na próxima semana. Será uma mulher", disse Trump em comício de campanha em Fayetteville, Carolina do Norte, onde os apoiadores gritavam "ocupe essa vaga!". "Acho que deveria ser uma mulher porque, na verdade, gosto muito mais das mulheres do que dos homens."

RBG será sepultada em um funeral privado e enterrada ao lado de seu marido no Cemitério Nacional de Arlington. A data não foi divulgada. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

+ Mundo