Borrell destaca acordos comerciais com latinos, mas cita problemas com Mercosul

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

21/06/2021 17h31 — em Mundo

Alto Representante da União Europeia, Josepp Borrell afirmou nesta segunda-feira, 21, que o bloco deve impulsionar o relacionamento com os países da América Latina, incluindo apoiar a resiliência financeira por meio de acordos comerciais. No entanto, ele lembrou que "há muito trabalho a se fazer para uma ratificação final", e no caso do Mercosul "problemas, como vocês sabem", indicou em coletiva de imprensa.

Um acordo com o México deve ser o primeiro, já estando finalizando, segundo Borrell. O acerto com o Chile também está quase no fim, mas a questão com o Mercosul tem "muito mais problemas", segundo o representante.

Sobre a região, Borrell destacou o quadro da covid-19, lembrando que o Brasil é responsável por quase metade das 4.400 mortes que assolam a região "todos os dias". "Em quase todos os lugares - especialmente na Europa e no Sudeste Asiático - a pandemia está diminuindo e na América Latina está disparando", apontou o diplomata.

"A primeira coisa a fazer é apoiar a região no combate à doença, começando pela doação de vacinas", afirmou. "As consequências sociais e econômicas são duras e podem levar a mais instabilidade. Precisamos aumentar nosso engajamento, porque certamente é verdade que a China está fornecendo muito mais vacinas do que qualquer outro país da região", disse Borrell, que sugeriu o crescimento de outros atores durante a pandemia, com a "competição aumentando".

Sobre o tema, indicou: "Penso que todos reconheceram a necessidade de os Estados Membros estarem mais presentes. Alguns deles se empenham em entregar mais vacinas para a região".

Dentre as diversas questões tratadas na política externa europeia, Borrell informou que o bloco adotou quanto a Belarus "o maior pacote de sanções", listando 86 indivíduos e entidades "e, em particular, visando aqueles que estão por trás do sequestro do avião com Roman Pratasevich a bordo". O blogueiro bielorrusso foi tema central nas últimas semanas, após uma aeronave que fazia uma rota dentro do espaço aéreo europeu ter sido desviada para Belarus, ocasionando a prisão do opositor.

Sobre as negociações com o Irã por uma acordo nuclear, Borrell apenas indicou que o tema foi discutido junto aos outros ministros do Exterior, assim como o resultado da eleição no país persa, sem mais detalhes.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo


23/07/2021

Correção