Compartilhe este texto

Biden e Trump farão primeiro debate em 27 de junho

Por Folha de São Paulo

15/05/2024 12h24 — em
Mundo



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O presidente Joe Biden (Democratas) e o ex-presidente Donald Trump (Republicanos) farão o primeiro debate para as eleições dos EUA no dia 27 de junho. O encontro será transmitido pela rede de TV americana CNN.

Informação foi confirmada pela emissora em comunicado. O debate presidencial será realizado na Geórgia, estado onde Trump está sob acusação criminal por tentativa de interferir nos resultados das eleições de 2020.

Debate não terá a presença de público. Os apresentadores também não foram anunciados pela CNN. Pelas regras, os candidatos precisam "aparecer em um número suficiente de cédulas estaduais para atingir o limite de 270 votos eleitorais para ganhar a presidência antes do prazo de elegibilidade".

"Recebi e aceitei um convite da @CNN para um debate no dia 27 de junho. É com você, Donald. Como você disse: em qualquer lugar, a qualquer hora", disse Joe Biden, em seu perfil no X (antigo Twitter).

"Donald Trump perdeu dois debates para mim em 2020. Desde então, ele não apareceu para um debate, agora está agindo como se quisesse debater comigo novamente. Bem, faça meu dia, amigo, farei isso duas vezes. Então vamos escolher as datas, Donald. Ouvi dizer que você está livre às quartas-feiras", completou.

Trump reagiu no Truth Social, plataforma de mídia criada pelo grupo empresarial comandado por Trump. "Estou pronto e disposto a debater nos dois horários propostos: em junho e setembro. Eu recomendaria fortemente mais de dois debates e, para fins de excitação, um local muito grande, embora Biden supostamente tenha medo de multidões - isso só porque ele não as recebe. Apenas me diga quando, estarei lá. Vamos nos preparar para fazer barulho."

EX-PRESIDENTE LIDERA CORRIDA ELEITORAL

Trump lidera a corrida eleitoral nos Estados Unidos contra Biden em cinco dos estados cruciais, mostrou pesquisa do The New York Times. Ex-presidente tem maioria em Michigan, Arizona, Nevada, Geórgia e Pensilvânia.

Biden está à frente apenas em um estado decisivo, Wisconsin. As pesquisas, divulgadas nesta terça-feira (14), foram feitas pelo jornal The New York Times, Siena College e The Philadelphia Inquirer.

O conjunto de pesquisas foi realizado entre o dia 28 de abril a 9 de maio. ''Se as eleições presidenciais de 2024 fossem realizadas hoje, em quem você votaria se os candidatos fossem Joe Biden e Donald Trump?'', perguntaram os entrevistadores a 4.096 eleitores.

O custo de vida, a imigração, a guerra de Israel em Gaza e o desejo de mudança parecem ser os principais motivos para o descontentamento com o atual presidente. Quase 70% dos eleitores dizem que os sistemas políticos e econômicos do país precisam de grandes mudanças, ou mesmo de serem totalmente demolidos. Do total de entrevistados, 45% disseram acreditar que Trump traria mais mudanças se eleito.

Houve diminuição de apoiadores jovens, negros e hispânicos a Biden. Esses grupos costumam ser a base de eleitores do Partido Democrata. Enquanto isso, a pesquisa sugere que a força de Trump entre eleitores jovens e não brancos impulsionou sua liderança.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo