Ameba comedora de cérebro é achada em água que abastece 8 cidades do Texas

Por Portal do Holanda

27/09/2020 8h10 — em Mundo

Foto: KATERYNA KON/SHUTTERSTOCK

Oito cidade do Texas estão em alerta total pois especialistas detectaram a presença da ameba comedora de cérebro dentro do sistema de abastecimento de água da concessionária Autoridade de Água da comunidade Brazosport.

As cidades afetadas são: Lake Jackson, Freeport, Angleton, Brazoria, Richwood, Oyster Creek, Clute e Rosenberg e uma fábrica da Dow Chemical em Freeport, assim como instalações penitenciárias da região.

O tipo raro de ameba é mortal e foi descoberto no sistema após a morte de um menino de seis anos que consumiu o líquido contaminado na semana passada. A princípio a suspeita era que Naegleria fowleri, nome científico da ameba, estivesse em uma fonte próximo à casa da criança, mas teste posteriores comprovaram que ela foi infectada em casa, com a água que abastece a região.

Assim que o problema foi descoberto, a empresa emitiu um comunicado ordenando que as pessoas não consumam mais a água até que os tanques sejam higienizados com cloro para exterminar qualquer vestígio da ameba. A limpeza deve durar três dias.

Por conta disso, autoridades de Lake Jackson decretaram estado de desastre e está abastecendo os moradores com uma caixa d’água comunitária até que tenham a segurança de que o problema foi resolvido.

A doença é tão grave e perigosas que dos 145 registrado até hoje nos  Estados Unidos apenas quatro pessoas sobreviveram. O caso mais recente foi do menino de seis anos, mas em julho, outro caso já tinha sido confirmado também na Flórida.

A ameba comedora de cérebro geralmente é transmitida pelo contato com o solo ou água contaminada. Ela habita comumente em fonte de águas termais, rios e lagos quentes, assim como em piscinas que não recebem cloro constantemente. 

+ Mundo