Siga o Portal do Holanda

Após flagra de traição

Justiça libera mulher acusada de matar marido PM na porta de motel no Amazonas

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Manaus/AM -  A Justiça concedeu liberada provisória, nesta terça-feira(29), para Maria das Graças Andrade Lopes acusada de matar a tiros o próprio marido, o sargento da Polícia Militar Sallim de Alencar, de 48 anos. O fato aconteceu na porta de um motel em Coari, no último domingo(29).

A decisão foi proferida durante a Audiência de Custódia que concedeu o benefício a mulher, mas com restrições. Entre as medidas, ela deverá comparecer à Comarca de Coari mensalmente e está proibida de sair de casa.

À polícia, a mulher confessou que tentou bater na cabeça do marido com a arma, mas não tinha intenção de atirar. Segundo ela, o disparo foi acidental e assim que viu o homem sangrando no chão, foi em choque para casa da mãe, onde foi presa horas depois.

O caso

A suspeita flagrou o marido com a amante em um motel e começou uma discussão. Durante a briga,  Maria teria pego a arma do policial que estava dentro do carro e atirou no pescoço dele que foi a óbito no local.

Projeto 'ruim prá cachorro' vira Lei no Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.