Manaus vive 2ª onda da Covid-19, reafirma pesquisador que pede lockdown

Por Portal do Holanda

18/09/2020 17h33 — em Manaus

Pesquisador da Fiocruz diz que Amazonas precisa intensificar medidas contra a Covid-19 - Foto: Mário Oliveira / Semcom

Manaus/AM - O pesquisador e epidemiologista Jesem Orellana, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), defende a decretação de um “lockdown rigoroso” em Manaus para corrigir as falhas no controle do novo coronavírus. Um novo alerta epidemiológico foi divulgado pelo pesquisador nesta sexta-feira (18), onde ela afirma que o Amazonas foi duramente derrotado no combate à pandemia e que os órgãos responsáveis devem “elevar o padrão de resposta a emergências sanitárias”. 

Conforme os dados divulgados, Manaus vive uma segunda onda da Covid-19, com aumento de 9,7% no número de mortos pela doença, entre 2 e 22 de agosto. Em relação às hospitalizações também há uma alta da média diária de internações em leitos clínicos, que entre 17 e 31 de agosto, era de 156,7, e saltou para uma média de 182,1, entre 1 a 15 de setembro. Nos leitos de UTI essa média aumentou de 95,2 para 106,7. 

Testes

O pesquisador ainda relata que Manaus vive uma forte tendência de aumento de doenças causadas por SRAG, enquanto que em outras metrópoles do Brasil esse resultado é de queda. Os testes de RT-PCR tiveram alta dos resultados positivos para Covid-19 no mês de junho, saltando para 32,1%, resultado que não fica muito abaixo do pico da pandemia em Manaus, em abril, que foi de 42,5%. Em junho, este percentual de resultados positivos foi de 18,4% e de 26,1%, em julho. 

Jesem Orellana explica que esse cenário dos testes positivos de Covid-19 não significa um adoecimento da população, mas mostra um aumento da transmissão comunitária do novo coronavírus no Amazonas, principalmente em Manaus, pois a maior partes dos resultados desses exames são de residentes da capital. Isso é motivo de crítica do pesquisador, pois esses testes continuam centralizados em Manaus, com este serviço não sendo ofertado no interior do Estado. 

O epidemiologista ainda alerta que o Amazonas teve redução na aplicação dos testes para diagnóstico da Covid-19, no mês de agosto, chegando a cancelar envio de amostras para processamento em laboratório da Fiocruz. 

Veja o alerta completo do pesquisador: 

+ Manaus