Compartilhe este texto

Curso de marketing: entenda porque promete ser a profissão do futuro

Por Portal do Holanda

19/01/2022 11h36 — em Manaus

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Uma alternativa que tem sido muito bem utilizada e que não é de hoje que vem sendo discutida na mídia nacional a falta de mão de obra no Brasil, são os cursos tecnológicos que passam a atender essa demanda já que as vagas de emprego que poderiam estar ocupadas seguem sem pessoas qualificadas para preenchê-las. Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) revelou que a falta de mão de obra prejudica 69% das indústrias brasileiras.

Os cursos superiores de tecnologia (CSTs) apresentam-se como uma das opções para quem quer estudar e, em menos tempo, ter qualificação técnica para exercer uma profissão. Isso porque eles têm como principal objetivo preparar o aluno para o mercado de trabalho, oferecendo disciplinas e atividades de ensino que, por meio de conhecimentos específicos e aulas práticas, capacite para a atuação profissional.

De acordo com o Coordenador do Curso de Gestão Roberto Jr, do Centro Universitário Fametro, apostar em uma graduação em Marketing é uma alternativa viável para preparar profissionais capacitados e aptos para absorver uma lacuna ampla no atual cenário mercadológico. “O curso é amplo e tem como propósito acompanhar o dinamismo da área, além de formar pessoas com mente estratégica. Segundo Phillip Kotler pai do Marketing defende: ‘É hora de as empresas liberarem plenamente a força das tecnologias avançadas em suas estratégias, táticas e operações de marketing. A tecnologia deve ser alavancada para o bem da humanidade ”, explica Roberto.  

Segundo ele, as novas tecnologias podem criar valor, atender às necessidades dos clientes e fazer a diferença no mundo. “Essa nova geração já nasceu com o celular na palma da mão e precisamos integrar a evolução digital às drásticas mudanças de comportamento dos consumidores, tratando de temas como o futuro da experiência do cliente, inteligência artificial para automação de marketing e ativismo corporativo”, explica. 

Ainda de acordo com o coordenador, o curso vai muito além das competências digitais pois alinha o marketing tradicional com as mais diversas áreas de suma importância do mercado; Marketing Digital; Marketing Político; Marketing de Conteúdo; Marketing de Performance; Cross Marketing; Marketing de Rede; Marketing de Relacionamento; Marketing de guerrilha, EndoMarketing; Marketing Promocional; Marketing Social, Marketing B2B; Marketing Institucional; Marketing de produto; Marketing de serviço; TeleMarketing, Marketing de influência, Marketing sensorial, NeuroMarketing, Trade Marketing, Marketing, Juridico, Marketing Médico, Marketing Pessoal e Marketing Esportivo.

“Precisamos ficar sempre atualizados com as transformações sociais e tecnológicas. O marketing não é algo novo, mas a forma atual é nova. Por isso, a importância de estudar sempre, frisou Lira.

Novos gestores e novo cenário

Para recém-formado mercadólogo (profissional de marketing) Gabriel Santana, o Marketing desempenha um papel fundamental e indispensável para qualquer empresa que almeja crescer de maneira assertiva e se destacar no mercado. “Além de ser responsável por gerar valor, o marketing representa a conexão de uma marca com seu público sem contar que também é responsável pela conquista e fidelização dos clientes. Para que isso possa acontecer criamos estratégias eficientes que atraiam, convertam e retenham nossos clientes”, observa Gabriel.  

Para ele, empresas que negligenciam o marketing estão "cavando suas próprias covas". “Estão ficando ultrapassadas, cada vez mais o marketing se mostra necessário e empresas que não se atualizarem ficarão para trás no mercado”, analisa.

Para o jornalista e recém-formado em Marketing, Marcelo Guilherme, a importância de buscar uma nova qualificação foi um divisor de águas em um momento de sua reestruturação profissional. “ Busquei depois de muitos anos qualificação e o que podemos analisar daqui em diante que o marketing do futuro será o estado da relação e comunicação entre marcas e consumidores daqui alguns anos. E isso já pode ser visto pois as empresas estão expandindo seus canais e ideias para atingir seu público alvo de forma eficaz”, salienta.

Além disso, as várias formas de se vender marketing estão cada vez mais latentes. Um exemplo, segundo ele, é o marketing pessoal. Embora não seja, comum a todos, se trabalhado de forma coerente pode ajudar a abrir muitas portas no mercado de trabalho. "É saber se vender. Destacar seus pontos fortes e diferenciais que muitas vezes podem parecer despercebidos em um momento de entrevista. A ideia é mostrar quem lhe rodeia a imagem transmitida e quem verdadeiramente você é”, destaca, lembrando a importância dos vários outros formatos de marketing.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Manaus

+ Manaus