Cerca de 800 profissionais da saúde não tomaram 2ª dose da vacina em Manaus

Por Portal do Holanda

02/03/2021 2h10 — em Manaus

Profissionais da saúde devem agendar para tomar 2ª dose (Foto: Divulgação/Semcom)

Manaus/AM - Os profissionais de saúde devem ficar atentos para não perder o prazo da 2ª dose da vacina contra a Covid-19. Mais de 800 trabalhadores ainda não procuraram os postos de vacinação para garantir a dose da Coronavac, que deve ter o intervalo de até 28 dias entre as doses, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde.

O atendimento deve ser feito após o agendamento eletrônico, no site do Imuniza Manaus. O usuário deve escolher a opção "Segunda Dose" e consultar a data, a hora e o local onde irá receber a vacina. Se preferir, o trabalhador pode mudar o agendamento na opção "Quero alterar local e data", respeitando o mínimo de 21 dias e o máximo de 28 dias após a primeira dose.

Ao todo, já foram vacinados 57,6 mil trabalhadores da saúde, desse total, apenas 20 mil já receberam a segunda dose, e todos os vacinados com a primeira dose, até o último dia 20, já estão agendados para a segunda.

As pessoas com sintomas gripais ou outras doenças na fase aguda não devem receber a vacina e precisam aguardar a plena recuperação da saúde. Para os casos de Covid-19, suspeitos ou confirmados, a recomendação é aguardar 30 dias a contar dos primeiros sintomas.

Os documentos exigidos para o recebimento da segunda dose são RG ou outro documento original com foto, CPF e a carteira de vacinação. 

Postos de vacinação para a segunda dose, segunda a sábado, das 9h às 16h:

- Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola (Rua Gandu, 119, Cidade Nova, zona Norte);

- Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) (Rua Teresina, 495, Adrianópolis, zona Centro-Sul);

- Hospital Beneficente Português (Avenida Joaquim Nabuco, 1.359, Centro);

- Centro de Convenções de Manaus, o “sambódromo” (Avenida Pedro Teixeira, 2.565, Dom Pedro, zona Oeste).


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus