Impasse amoroso entre operadores jurídicos

Por

15/07/2014 9h07 — em Justiça & Direito

O juiz (solteiro) visita a namorada (solteira) de surpresa e... a pega nos braços do principal advogado (solteiro) da comarca.

Louco da vida, o magistrado começa uma violenta discussão com o rival. A jovem mulher os interrompe e sugere uma forma mais civilizada de ver quem ficaria com ela: um duelo, mas sem derramamento de sangue.

— Nós três ficaremos nus. Então eu começo a desfilar diante de vocês. O primeiro que ficar visivelmente excitado será o vencedor.

Os dois homens aceitam a idéia mas, tão logo o duelo começa, o advogado percebe o magistrado se manipulando disfarçadamente e reclama:

- Protesto, pois Vossa Excelência está enganando a testemunha!...

O juiz termina com o impasse ao seu jeito:

- Protesto rejeitado! Eu estava apenas tentando fazer com que a testemunha refrescasse a sua memória.

A historinha - não real, claro - foi escutada, um dia desses, em corredores de uma das principais Seccionais da OAB.

Segundo o desfecho anunciado, os dois profissionais do Direito teriam decidido, ambos, não mais disputar a mesma namorada.

Ela agora estaria de olho num promotor.

Charge de Gerson Kauer

Fonte: www.espacovital.com.br