Sogra mata nora a marteladas para filho arranjar mulher melhor

Por

06/06/2014 9h51 — em Mundo

Uma mulher foi condenada na Austrália por matar a nora. Huajiao Zhuang, de 50 anos, matou a mulher do filho com 33 golpes de martelo para que o mesmo pudesse arranjar uma esposa melhor.

A sogra não se dava bem com Lin, pois queria que o filho morasse com ela, como é tradição na China. A jovem de 21 anos não quis dividir o mesmo teto com a mãe do marido e a partir daí começaram a se desentender.

Os advogados de Huajiao alegaram que ela agiu em legítima defesa e que Lin foi quem pegou o martelo primeiro.

Após dar 33 marteladas, a acusada colocou o corpo num saco, jogou numa lata de lixo e atirou no riacho.

+ Mundo