Siga o Portal do Holanda

Mundo

Piñera faz mudanças no gabinete e troca titular da Economia

Publicado

em

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, realizou nesta quinta-feira uma mudança no comando de seis ministérios. O jornal chileno La Nación apontou que as trocas foram feitas pouco mais de uma hora após uma pesquisa do Centro de Estudos Públicos (CEP), segundo a qual 50% dos eleitores desaprovam a gestão atual de Piñera, enquanto 25% a aprovam.

Piñera foi presidente entre 2010 e 2014 e voltou ao posto no ano passado. Durante seu primeiro mandato, o crescimento econômico ficou em média em 5,3%, mas no primeiro trimestre deste ano ele foi de apenas 1,6%, após avanço anual de 4% em 2018. Na semana passada, o Banco Central do Chile cortou sua projeção de crescimento neste ano para entre 2,75% e 3,50%.

No comando das Relações Exteriores, o escritor Roberto Ampuero foi substituído por Teodoro Ribera, que foi titular da Justiça no primeiro governo Piñera. Na Economia, José Ramón Valente foi substituído por Juan Andrés Fontaine, que era ministro das Obras Públicas. Na Saúde, Emílio Santalices dá lugar a Jaime Mañalich, que já ocupou o posto anteriormente. No Ministério de Desenvolvimento Social, sai Alfredo Moreno e entra Sebastián Sichel. Na Energia, Susana Jiménez dá lugar a um ex-ministro do Trabalho de Piñera, Juan Carlos Jobet. O Ministério de Obras Públicas, até então com Fontaine, ficará com Alfredo Moreno.

O jornal La Tercera lembra que é a segunda mudança de gabinete do mandato atual de Piñera. O diário aponta que o governo se concentra agora em fortalecer investimentos públicos e privados para dinamizar a economia.

Amazonas Energia precariza atendimento e irrita consumidores

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.



Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.