Hospital em Boa Vista atende 9 feridos em confrontos venezuelanos

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

23/02/2019 14h35 — em Mundo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Nove feridos no confronto de sexta-feira entre militares e civis venezuelanos estão sendo atendidos no Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista, afirmou neste sábado (23) o governo do estado. 

A reputada ONG Provea informou ainda que uma das pessoas dadas como mortas nos confrontos está em recuperação. Trata-se do indígena Pemón Rolando García. A indígena Zoraida Rodríguez morreu no conflito vila de Kumarakapay, na Venezuela.

Sete foram atendidos na tarde de sexta e outros dois deram entrada no hospital à noite. Um deles está com traumatismo craniano moderado. Ele se chama Lino Benavides e está em observação, com quadro estável. 

O outro paciente teve um trauma de face leve, foi avaliado e já liberado.

Dois pacientes estão em estado grave. Kliver Perez está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) devido a uma lesão no tórax por arma de fogo e no abdômen, com múltiplas lesões no fígado e intestino.

Rolando Garcia Martinez está sedado e respira com ajuda de aparelhos. O quadro de saúde é considerado grave.


+ Mundo