Garota flagra traição e é espancada até a morte por namorado infiel

Por Portal do Holanda

03/08/2015 21h14 — em Mundo

A estudante Anna Bondareva, de 18 anos, desapareceu depois de uma briga com o namorado, Vladislav Rogovik, 20 anos. Ela foi vista pela última vez com ele em uma festa. Após uma semana do sumiço, foi encontrada morta. Anna foi assassinada, apanhou até a morte, e foi deixada no mato, na Rússia. O casal estava junto há seis meses.



Anna foi tirar satisfação com o namorado após flagra-lo beijando outra garota na festa. Brigaram feio. Durante a discussão, os dois se afastaram do local e foram até uma floresta, onde ela foi espancada até morte. A irritação dela após flagrar a traição motivou o assassinato. Anna foi golpeada pelo namorado repetidas vezes, revelam os investigadores.



Para despistar qualquer tipo de suspeita, Rogovik, se juntou à polícia e ajudou na busca pelo corpo Anna Bondareva. Anunciou, inclusive, que cometeria suicídio caso a morte não fosse esclarecida.



Ele cedeu às pressões e confessou, sem esboçar muita emoção, ter matado e escondido o corpo na floresta.  Anna era estudante de Jornalismo e adorava se engajar em questões políticas.

+ Mundo