Siga o Portal do Holanda

30 golpes

Cansadas de serem abusadas, três irmãs matam pai com faca e martelo

Publicado

em

Quando Mikhail Khachaturyan foi assassinado, Angelina (esquerda) tinha 18 anos, Maria (centro) tinha 17 e Krestina 19

Em julho do ano passado, três irmãs esfaquearam e agrediram o pai até a morte enquanto ele dormia, em um apartamento da família em Moscou, na Rússia. As investigações apontam que as três garotas sofriam abusos físicos e psicológicos, por anos a fio.

Leia o relato

Na noite de 27 de julho de 2018, Mikhail Khachaturyan, de 57 anos, convocou Krestina, Angelina e Maria, que era menor à época, para irem, uma a uma, ao quarto dele. Ele as repreendeu por não terem limpado o apartamento adequadamente e borrifou gás de pimenta nos rostos das filhas. Logo depois, quando adormeceu, as meninas o atacaram com uma faca, um martelo e spray de pimenta, atingindo-o na cabeça, no pescoço e no peito. O corpo de do russo foi encontrado com mais de 30 ferimentos a faca. A filha mais nova ligou para a polícia, e as três foram presas no local do crime. As informações são do jornal britânico BBC.

No entanto, as irmãs foram indiciadas por homicídio, e também o que pode acontecer agora com elas, vem provocando muita polêmica sobre violência doméstica na Rússia. Mais de 300 mil pessoas já assinaram uma petição pedindo para que elas sejam libertadas.

AMAZÔNIA VIOLENTADA. O direito de respirar de nossos filhos

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.