Siga o Portal do Holanda

Luto

Cofundador da Microsoft, Paul Allen morre aos 65 anos

Publicado

em

Foto: Reprodução/ Site Paul Allen

SEATTLE - Paul Allen, cofundador da Microsoft, morreu nesta segunda-feira, em consequência de complicações de um linfoma não Hodgkin’s, anunciou a Vulcan Inc, empresa de investimentos também criada por ele, em nome da família do filantropo.

Allen morreu na tarde desta segunda-feira em Seattle aos 65 anos. O executivo revelou no começo do mês que havia começado o tratamento para o linfoma não Hodgkin’s — o mesmo tipo de câncer que ele havia superado há nove anos.

O dinheiro ganho com a Microsoft foi usado pelo empresário para investir em times profissionais de esporte, TV a cabo e no ramo imobiliário. Ele também era conhecido por suas doações para instituições de caridade.

Paul Allen se descrevia como o “homem das ideias, o filho tímido de bibliotecários, explica o Washington Post. Já Bill Gates era o parceiro com visão para os negócios que trazia as ideias à vida.

E, em 1975, quando Allen tinha 22 anos, e Gates, 19, os amigos criaram a empresa que  se tornaria a Microsoft e deram início à revolução do computador pessoal que faria deles dois homens muito ricos ressalta o diário.

Ele deixou o comando da empresa apenas oito anos após a fundação, ao ser diagnosticado com câncer pela primeira vez, em 1983 — na ocasião, com um linfoma de Hodgkin’s — e, segundo o jornal  Washington Post, também em função da deterioração da amizade com Gates.

“Hoje, choramos pelo nosso chefe, mentor e amigo, cujos 65 anos foram curtos demais — e reconhecemos a honra que foi trabalhar ao lado de alguém cuja vida transformou o mundo”, disse a Vulcan em um comunicado.

Facções criminosas com poder de influenciar eleição para prefeito de Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.