Compartilhe este texto

Vocalista do Green Day quer deixar de ser americano após suspensão do aborto

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

27/06/2022 11h03 — em
Famosos & TV



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O vocalista da banda de rock Green Day, Billie Joe Armstrong, disse que vai renunciar à cidadania americana após a Suprema Corte ter suspendido o direito ao aborto no país. A declaração do artista foi feita em um show na Inglaterra nesta sexta-feira (24), o mesmo dia em que os juízes divulgaram a sentença.

"Foda-se a América. Estou renunciando à minha cidadania", disse o cantor, revoltado, no palco do London Stadium pela turnê Hella Mega, de acordo com o jornal CNN. Ele indicou ainda que deve se tornar cidadão britânico. "Estou vindo para cá. Vocês vão ter um muito mais de mim nos próximos dias. Há muita estupidez no mundo para voltar a esse país miserável", criticou Armstrong.

Armstrong é um dos vários artistas americanos que se colocaram contra a decisão do tribunal. A sentença reverte um precedente estabelecido há 49 anos, quando o tribunal julgou o caso Roe vs. Wade e determinou que governos não poderiam infringir o direito à privacidade das mulheres ao proibir a interrupção da gravidez.

No Festival de Glastonbury, que ocorreu neste fim de semana também no Reino Unido, vários artistas como Phoebe Bridgers , Billie Eilish , Kendrick Lamar e Olivia Rodrigo fizeram questão de condenar a decisão.

Rodrigo, que tem se destacado como uma das cantoras pop de maior sucesso recente entre os jovens, se disse "devastada e aterrorizada" pela notícia. "Muitas mulheres e meninas vão morrer por causa disso", afirmou a artista aos fãs.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV

+ Famosos & TV