Sikêra Jr revela salário após CPI expor cachê pago pelo governo Bolsonaro

Por Portal do Holanda

18/06/2021 16h38 — em Famosos & TV

Foto: Reprodução/RedeTV

Citado na CPI da Covid no Senado, em um documento entregue pela Secretaria Especial de Comunicação Social, Sikêra Jr. confirmou que recebeu R$ 120 mil para fazer propaganda para o governo de Jair Bolsonaro, e expôs quanto ganha na televisão.

O apresentador bolsonarista expôs o salário para argumentar que esse valor recebido do governo Bolsonaro é baixo comparado aos seus ganhos mensais pela RedeTV! e outras ações de merchandising. No Alerta Nacional, Sikêra afirmou que ganha R$ 500 mil mensais da RedeTV! e ainda recebe R$ 60 mil por mês das empresas que fazem publicidade no programa. 

"Sikêra, é verdade que você ganhou R$ 120 mil? Ganhei! E tô esperando mais. Sabe como se ganha esse dinheiro? Trabalhando honestamente. Esse dinheiro ia para a Folha de S.Paulo , ia pra TV Globo e aí não vai mais. Passaram a distribuir para as pequenas empresas, para as pequenas emissoras. Por isso o cachê é pequeno", disse. 

Em seguida, ele afirmou que os R$ 120 mil foram para fazer 7 ações comerciais para o governo de Jair Bolsonaro e pediu que o presidente aumente o valor do cachê. . "É pouco demais. Ei, Bolsonaro. Aumente, viu, eu exijo um aumento. De dezembro até agora só deu 120 mil conto?", disse. 

"Só da Sorridents, eu levo mais de R$ 60 mil. Do Laboratório Airela, eu levo mais R$ 60 mil. Eu recebo da Yamaha... 'oxe', como é que recebo só R$ 120 [mil] do governo? Só de imposto, eu pago mais do que isso", argumentou. 

Sikêra ainda afirmou que quem o criticou pela ação com o governo tem “inveja”. “O meu faturamento, graças a Deus, é muito bom. Esse ano, com fé em Jesus, até dezembro eu tô faturando quase R$ 1 milhão por mês. Tá bom pra você? Com fé em Deus, eu recebo Jesus. Ei, só a RedeTV! repassa pra mim quase R$ 500 mil”.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV